Diagrama Morfológico

Informações da Edificação

Locação do Edifício
Fonte: Google Maps

Carta Solar
Fonte: Programa SOL-AR

Imagem do Edifício

Ficha Técnica Clima
Nome do Projeto:
CASA DO PROFESSOR
Tipo de Clima:
Tropical de altitude
Tipologia:
Edifício não Residencial
Latitude:
-15,78000
Cidade:
Brasília
Longitude:
-47,93000
Estado:
Distrito Federal
Altitude:
1171
País:
Brasil
Temperatura média anual:
21,2
Endereço:
Universidade de Brasilia - UnB
Média mensal (máxima):
26,6
Nome do Arquiteto:
Raimundo Nonato Veloso Filho
Média mensal (mínima):
16,1
Ano de elaboração do projeto:
Horas de insolação anual:
2364,8
Ano do término da construção:
2005
Zona Bioclimática:
4

Zona Bioclimática
Fonte: Programa ZBBR


Planta do Edifício com as Cartas Solares de Cada Fachada



Imagem do Edifício

Planta Baixa do Edifício

Corte do Edifício
Nível Parâmetros Variáveis do Parâmetros A Variáveis do Parâmetros B, C, D
Fachada
Norte Sul Leste Oeste
I Espaço Urbano A Desenho urbano

B Refletância das fachadas
C Especularidade das fachadas
D Ângulo máximo de incidência do sol na base do edifício
Nível Parâmetros Variáveis do Parâmetros E, I e K Variáveis do Parâmetros F, G, H e J
Fachada
Norte Sul Leste Oeste
II Edifício E Planta baixa
F Refletância das fachadas do edifício analisado
G Especularidade das fachadas do edifício analisado
H Taxa de aberturas para o exterior
I Distribuição das aberturas nas fachadas
J Proteções solares nas fachadas  
         Tipo de Brise
Horizontal
Horizontal
         Ângulo do Brise
K Aberturas zenitais
       
Uso do ambiente: Cafe
Nível Parâmetros Variáveis do Parâmetros L, Q, R, S, T e U Variáveis do Parâmetros M, N, O, P e Q
Fachada
Norte Sul Leste Oeste
III Ambiente L Planta Baixa
M Posição do coletor de luz  
N Dimensão do coletor de luz
O Forma do coletor de luz

Notice: Undefined offset: 0 in /home/dfelix/public_html/diagramamorfologico/aplicacao/views/scripts/index/relatorio.phtml on line 1137
P Controle da entrada de luz
Q Tipo de envidraçado
R Refletância do teto
       
S Refletância das paredes
T Refletância do piso
U Controle e integração da iluminação artificial


Planta Baixa do Ambiente


Foto do Ambiente

Foto do Ambiente

Foto do Ambiente
seu_nome:Natalia Melo Silva
Análise crítica:
Quanto ao funcionamento do programa tenho observações a fazer. Seria interessante que o usuario tivesse acesso a uma ferramento que salvasse a analise ao longo do seu processo de execução, dessa forma caso haja algum problema que encerre sua analise antes da hora ele poderia retorna-la do ponto aonde havia parado e ainda retornar para corrigir algo que tenha feito e que repensara. Ainda sobre o funcionamento, sugiro que o alerta a cerca do uso de uma internet confiável deva ser acrescentado àquelas dicas iniciais de forma a evitar posiveis aborrecimentos na parte de gerar o relatorio final. Acredito que uma vez que essas partes técnicas sejam resolvidas o programa e o metodo possam alcançar um nivel maior de eficiencia tendo em vista que o objetivo do método é justamente o de propiciar uma analise que seja eficiente não só do ponto de vista do conhecimento sistematizado como do ato em si de realiza-lo.

O método permitiu identificar pontos positivos no projeto analisado? Quais?
Sim. Ficou claro a intenção do arquiteto em buscar uma distribuição de aberturas e setorização das atividades do prédio segundo questões de insolação nas fachadas. A implantação de brises e proteções também é notória.

O método permitiu identificar pontos negativos no projeto? Quais?
Sim. Principalmente no que diz respeito à questões de desconforto por ofuscamento. Nos itens de refletância o prédio não é tão eficiente e gera um desconforto visual e térmico em relação ao entorno e possivelmente em que usa os seus espaços internos, no caso o cafe.

Na sua opinião, o método permite contribuições ao processo de elaboração do projeto? Por quê?
Sim, ele elabora de forma sucinta e bem guiada um chek list de pontos importantes para um projeto que aspira responder questões de conforto. Dessa forma, um pensamento aliado a questões climaticas e de iluminação podem estar presentes no processo de elaboração do mesmo desde o inicio.

Descreva o que achou do tempo de análise necessário para aplicar o método em um projeto?
Acredito que será mais eficiente pra quem já temum conhecimento previo a cerca do edificio a ser analisado. O fato de estar a par de todas as questões listadas ao longo da analise, conhecimentos da area de conforto, também podem torná-lo mais eficiente (nesse caso dependendo muito de quem faz uso da ferramenta).