Diagrama Morfológico

Informações da Edificação

Locação do Edifício
Fonte: Google Maps

Carta Solar
Fonte: Programa SOL-AR

Imagem do Edifício

Ficha Técnica Clima
Nome do Projeto:
CASA DO PROFESSOR
Tipo de Clima:
Tropical de altitude
Tipologia:
Edifício não Residencial
Latitude:
-15,78
Cidade:
Brasília
Longitude:
-47,93
Estado:
Distrito Federal
Altitude:
1171
País:
Brasil
Temperatura média anual:
21,2
Endereço:
UnB
Média mensal (máxima):
26,6
Nome do Arquiteto:
Raimundo Nonato
Média mensal (mínima):
16,1
Ano de elaboração do projeto:
Horas de insolação anual:
2364,8
Ano do término da construção:
2005
Zona Bioclimática:
4

Zona Bioclimática
Fonte: Programa ZBBR


Planta do Edifício com as Cartas Solares de Cada Fachada



Imagem do Edifício

Planta Baixa do Edifício

Corte do Edifício
Nível Parâmetros Variáveis do Parâmetros A Variáveis do Parâmetros B, C, D
Fachada
Norte Sul Leste Oeste
I Espaço Urbano A Desenho urbano

B Refletância das fachadas
C Especularidade das fachadas
D Ângulo máximo de incidência do sol na base do edifício
Nível Parâmetros Variáveis do Parâmetros E, I e K Variáveis do Parâmetros F, G, H e J
Fachada
Norte Sul Leste Oeste
II Edifício E Planta baixa
F Refletância das fachadas do edifício analisado
G Especularidade das fachadas do edifício analisado
H Taxa de aberturas para o exterior
I Distribuição das aberturas nas fachadas
J Proteções solares nas fachadas  
         Tipo de Brise
Horizontal
Horizontal
         Ângulo do Brise
K Aberturas zenitais
       
Uso do ambiente: Cafe
Nível Parâmetros Variáveis do Parâmetros L, Q, R, S, T e U Variáveis do Parâmetros M, N, O, P e Q
Fachada
Norte Sul Leste Oeste
III Ambiente L Planta Baixa
M Posição do coletor de luz  
N Dimensão do coletor de luz
O Forma do coletor de luz
P Controle da entrada de luz
Q Tipo de envidraçado
R Refletância do teto
       
S Refletância das paredes
T Refletância do piso
U Controle e integração da iluminação artificial


Foto do Ambiente


seu_nome:Vanessa Martins
Análise crítica:
É bom para organizar as informações já coletadas, mas achei muito demorado e trabalhoso. Prefiro fazer essas análises manualmente,portanto não acho que usaria esse programa nos meu trabalhos. Também achei esse método muito amarrado e industrial, ele tira a graça da análise e criação projetual. Além disso, não parece dar muita margem para casos que fujam à regra. A base de dados teóricos (informações), porém, é boa para referência.

O método permitiu identificar pontos positivos no projeto analisado? Quais?
Não, os pontos foram identificados antes de se colocar no programa. O programa apenas organizou informações.

O método permitiu identificar pontos negativos no projeto? Quais?
Não, os pontos foram identificados antes de se colocar no programa. O programa apenas organizou informações.

Na sua opinião, o método permite contribuições ao processo de elaboração do projeto? Por quê?
Não, ele amarra demais as análise, de uma forma negativamente automática. Qualquer exceção seria generalizada demais. Para mim, ele só é interessante como base de dados para pessoas que não conhecem os projetos.

Descreva o que achou do tempo de análise necessário para aplicar o método em um projeto?
Muito demorado e trabalhoso. Não usaria em um projeto